terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Estupro de mulheres e meninas atinge níveis alarmantes na Somália

Estupro de mulheres e meninas atinge níveis alarmantes na Somália
Quando saiu de sua cabana e viu sua amiga enterrada na areia até o pescoço, a frágil jovem de 17 anos ficou apavorada. Sua amiga tinha recusado casar com um comandante do al-Shabab e a lei islâmica exigia que ela fosse agredida com pedradas.
Um membro do al-Shabab alertou a menina que assitia: “Você será a próxima”. Ela morava com o irmão em um acampamento de refugiados. Alguns meses depois, os homens voltaram e cinco deles invadiram sua cabana, imobilizaram-na e a estupraram. Eles alegavam estar numa jihad, guerra santa, e por isso qualquer resistência seria crime contra o Islã.
“Tive pesadelos muito ruins com esses homens”, afirmou a garota, que recentemente escapou da área que eles controlam. “Não sei de que religião eles são.”
A Somália além de enfrentar as doenças e décadas de conflitos agora se destaca em mais um terror disseminado, um crescimento alarmante nos casos de estupro e abuso sexual de mulheres e meninas. As agressões são parte do crescimento do grupo militar al-Shabad, que se apresenta como uma força rebelde moralmente justificada e defensora do Islã puro. Eles capturam mulheres e meninas, estuprando-as e abusando delas como parte de seu reinado de terror no sul da Somália, de acordo com agentes humanitários e funcionários da ONU.
O mais preocupante é que o al-Shabab não é o único culpado pela violência na Somália. Há um crescimento generalizado de homens armados atacando mulheres e meninas desalojadas pela fome no país, muitas percorrem centenas de quilômetros em busca de comida e acabam em acampamentos de refugiados lotados e sem lei, onde militantes islamitas, milicianos perigosos e até soldados do governo estupram, roubam e matam sem qualquer punição.
“A situação está se intensificando”, afirmou Radhika Coomaraswamy, representante especial da ONU para crianças e conflitos armados.
(Com informações MSN)

fonte

Um comentário:

  1. Não sejamos egoístas em nossas orações.Vamos orar para que Deus reverta esta situação!

    ResponderExcluir

Agradecemos seu comentário.
Volte sempre!
um forte abraço e que Deus continue lhe abençoando!